Nesta fase de alma muda, coração deserto....o que mais gosto de fazer é ouvir música, para poder pensar, relembrar e "decorar" os bons momentos. Há momentos em que me sinto completamente desorientada, tolamente desesperada, são inúmeros sentimentos e todos misturados, tenho vontade de chorar, de gritar, de espernear, mas enfim temos escolhas a fazer na vida, e neste momento eu não tenho opção senão sufoca-los todos. Sei que esta fase vai passar...

Outro dia estive pensando, o porque deste blog ?

Talvez apenas sirva como um desabafo de meus sentimentos e angustias, não encontrei um porque, mas compreendi que está me fazendo bem aqui escrever.

Ganhei um Cd, por causa de uma única música, que eu adoro "Tocando em frente", e ontem me tranquei para ouvi-lo, o Cd é de Oswaldo Montenegro – Letras Brasileiras N°2,.e uma música em especial calou fundo em mim, por isso vou postar um pequeno trecho.

O PÁSSARO BRANCO

Meu pássaro branco foi embora

Sabia que ele ia voar

Seu cabelo negro ao vento

Sozinho lá fora alguém ia levar

Paixões sempre contam mentiras

O amor sempre diz como é

O amor é a praia segura

Paixão é barco a mercê da maré

E eu, viajante à procura

De sonhos loucuras e sons

Me perco da praia segura

E o pássaro jura são meus esses dons...

Alma muda...

Hoje nada quero dizer, estou muda, quero continuar calada...Meu mundo está sem cor, sem luz e sem brilho.

Não digas nada! 
Nem mesmo a verdade 
Há tanta suavidade em nada se dizer 
E tudo se entender -  
Tudo metade 
De sentir e de ver... 
Não digas nada 
Deixa esquecer 
  
Talvez que amanhã 
Em outra paisagem 
Digas que foi vã 
Toda essa viagem 
Até onde quis 
Ser quem me agrada... 
Mas ali fui feliz 
Não digas nada.   

 

Fernando Pessoa


 

Oferenda

Final de semana morgado, preguiçoso demais, li muito, ouvi muita música e revi um filme que me fez chorar aos cantaros, mas tudo bem as vezes precisamos chorar acho que alivia a alma, o filme "As Pontes de Madison".

Hoje fui a sala de uma colega aki do trabalho e ouvi uma música e me apaixonei, de um mineiro pra lá de bom," CÍCERO GONÇALVES", resolvi postar a letra.

Super beijos as duas assiduas....e a quem mais me der a honra de aki entrar.

OFERENDA

Ah se eu fosse um galho de alecrim dourado

Pra ficar parado no pé da estrada

Fazendo sombra ao te ver passar

Ah se eu fosse um rio de águas cristalinas

Pra nas tardes quentes

Todo contente te refrescar

Ah se eu fosse o noite toda estrelada

convidava o maior violeiro

A tocar bonito pta ti dormir

Ah se eu fosse um raio de luar de prata

Pra entrar em teu quarto

E iluminar os sonhos teus

Mas eu sou o primeiro vento

Da manhã que virá

Pra trazer o perfume da mata

Pra te dar

Ah se eu fosse a aurora na manhã vindoura

Pra fazer um coro de passarinhos e entoar um hino

Pra te acordar

Ah se eu fosse um cravo todo encarnado

Pra ir sorridente o teu cabelo enfeitar.

[ ver mensagens anteriores ]

O que é isto?